100540 entrevistas criadas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 


Entrevista a:

jamal ibraim rafih [rafih] 


EDUCAÇÃO
Que matérias você ensina? Que tipo de alunos você tem?
trabalho com ensino e aprendizagem de lingua estrangeira,ministro aulas de ingles frances epanhol,alemao italiano,propedeutica ao grego latim e arabe com enfase em fonetica de lingua inglesa.Meus alunos sao alunos de graduaçao e pos-graduaçao que procuram aulas para exames de proficiencia em lingua estrangeira para exames de mestrado e doutorado.
Algum link onde possamos ver que você faz ou o centro onde você trabalha?
tenho um modesto site em www.listac.com.br click educaçao e cursos depois idiomas e encontrara rafih´s private classes e isso
Que experiências do passado o levaram a dedicar-se a isto? Como se despertou em você a vocação educadora?
tive o privilegio de descobrir muito precocemente a vocaçao de ensinar lingua estrangeira quando comecei com alunos da minha propria sala com 14 anos de idade ensinava ingles para eles e foi assim .
Que mestre ou mestra foi mais influente em você, e por quê?
no que diz respeito ao ensino e aprendizagem de lingua estrangeira foi no periodo que comecei letras na unesp de assis fui gostando das aulas do professor doutor paulo fernadez zanotto que fez seu doutorado em fonetica de lingua inglesa pela usp e ministrava aulas de lingua estrangeira no caso ingles com enfase em fonetica ai fui seu discipulo e gostei muito e continuei.
Como você definiria sua filosofia docente?
quando dou aulas para os meus alunos desejo que despertem neles com a minha ajuda como educador e educando um espirito de pesquisa e um espirito inquiridor em que faça com que ele seja um ser pensante e pense o idioma como tal e nao um mero papagaio ou um repetidor automata.
Que aspecto da profissão representa um maior desafio para você?
por mais que tenha estudado o universo linguistico e algo muito complicado e baseado na celebre maxima "so sei que nada sei" e paulo freire quando disse "ninguem sabe tudo porem ninguem a tudo ignora" vou tecendo meus estudos.Sao tantos desafios que nao daria para trata-los superficialmente a manutençao do que ja aprendi e ainda o que tem pela frente sem falar das expessoes idiomaticas,verbos preposicionados com todas a girias jargoes e regionalismos e variantes linguisticas.Sao muitos desafios.
Que tipo de relação você estabelece com seus alunos/as?
nao gosto de colocar meu aluno em segundo plano nem desenvolver em mim um espirito de competiçao gosto de passar todo conhecimento e saber que adquiri ao longo dos anos com muita dedicaçao e cuidado como ja disse nao gosto do orgulho que muitos ostentam por causa de um mestrado doutorado ou ate mesmo pos doutorado eu sou da opiniao que o saber liberta o ser humano e nao o escravisa e temos que nao perder isto de vista, pois bem o ser humano deveria internalizar conhecimento de forma teorica mas se preocupar em externalizar sabedoria de forma pratica e isso nao acontece nos dias de hoje o que nos temos e uma competiçao avassaladora cruel e excludente que so esta contribuindo para destruir possiveis pensadores e formadores de opiniao.
Qual é o segredo para infundir curiosidade pelo conhecimento?
como ja disse anteriormente tentar despertar no aluno o espirito de pesquisa e o espirito inquiridor e a unica força motriz capaz de levar o aluno a aprender com satisfaçao e nao por obrigaçao.
Qual é seu critério a respeito de pôr tarefas para a casa e sobre pontuação?
a tarefa eu acho muito interessante pois so ira reforçar o material didatico relacionado pois depois vira outro e outro e outro e é um processo cumulativo por isso e bom o aluno sempre ter por dominado a liçao anterior.
É possível ensinar/aprender criatividade? Como?
eu acho que para despertarmos a criatividade e a originalidade no aluno devemos deixa-lo a vontade pois e bem sabido que uma classe comportam diferentes tipos de alunos com diferentes personalidades e disposiçao para tal ou tal aptidao ninguem e igual a ninguem e no tentarmos impor nada de bom traremos para o aluno eu so acho que o professor deve ser taxativo se uma mudança da didatica venha prejudicar o bom andamento do ensino/aprendizado fora disso tudo e possivel para dixar as coisas fluirem normalmente respeitandoa as diferenças sociais,economicas,intelectivas e humanisticas.
Como você se faz respeitar na aula? O que você faz quando surge um problema de disciplina?
procuro demonstrar que sempre respeito cada um dos meus alunos sem discriminaçao de raça,cor,idade,condiçao financeira ou capacidade intelectivo-cognitiva.Quando surge algum problema referente a disciplina que eu nao saiba ou tenha me fugido naquele momento imediatamento procuro um material didatico ou bibliografico que possa ter aquela disciplina ou peço um tempo para eu pesquisar e trazer nas proximas aulas nao gosto muito de ir no achismo e chutometro sempre que sabemos que estamos diante do cientifico e por isso tudo tem que ser muito serio.
Como você individualiza o ensino? Como você lida com os diferentes níveis dos estudantes de uma mesma aula?
como ja disse anteriormente respeito e procuro respeitar todas a diferenças, profissionalmente nao permitindo muitas vezes a interferencia de minhas ideias particulares ou aquilo que eu acho certo influenciar meus alunos de um modo geral, so vou influir com meus ideais quando me questionam ou me dao brechas para falar de algumas filosofias de vida que possuo.Geralmente procuro dividi-los em grupos homogeneos no que diz respeito a conhecimentos e faixas etarias mas mesmo assim sempre temos problemas com isso
Que significa para você aprendizado colaborativo? Como o põe em prática?
nao entendi o teor colaborativo,me desculpem por isso.
O que você espera de seus supervisores? Que qualidades você valoriza na pessoa que dirige o centro?
hoje trabalho de forma liberal e particular e nao tenho supervisores mas fui muito prejudicado por trabalhos de maus supervisores coodenadores etc, quando morei em londrina parana fui demitido de muitas instituiçoes famosas que prefiro nao citar nomes nem franquias porque corrigira alunos de terceiro estagio por tentar corrigir erros de fonetica de lingua inglesa que eles traziam de anos anteriores,outras instituiçoes me demitiram pois diziam querer professor que desse ibope e nao professor massante que dava aula, um absurdo mas e bem isso e depois fiquei por um bom tempo desempregado em londrina parana que nao conseguia emprego mais de forma alguma ate resolver em ultima analise abandonar aquela cidade numa situaçao financeira muito grande debaixo de uma perseguiçao escolar terrivel nao gosto nem de lembrar depois dizem que perseguiçao religiosa politica e educacional nao existem mais engano sofri isso na pele por isso nao confio muito neles.
Que assuntos a debate sobre ensino são de maior interesse para você?
a defasagem do ensino e sua degradaçao de forma vertiginosa com todas as inovaçoes que foram entrando sorrateiramente com aval de nossos pseudos ministros da deseducaça e nao aceito ensino sem educaçao,muitos hoje procuram ostentar um certificado,um diploma um papel mas nao se preocupando que os meios sempre devem justificar os fins essa venda de diplomas desenfreada e deixar tudo para o cursinho acabou com o sensino e enriqueceu os profissionais do saber que tanto aristoteles socrates e platao rechaçaram essa pratica nos sofistas que vendiam o saber e um saber de baixa qualidade hoje nos temos uma formaçao em serie como se fossemos mercadorias ou uma montadora de auomoveis, pago pra ver onde isso vai chegar e que resultado trara para nossa civilizaçao e sociedade do futoro a medio e longo prazo.
Seria bom que os professores tivessem incentivo econômico em função dos resultados escolares de seus alunos?
nao diria isso mas um salario digno de um professor pois um pais que nao tenha uma educaçao uma politica e uma religiao seria esta em situaçao catastrofica e em decadencia sem sombras de duvidas o final nao sera dos melhores com certeza.
Além de mais recursos, que falta nas escolas de nosso tempo?
comprometimento e engajamento com o ensino publico e gratuito e maior infra-estrutura pois os colegios e universidades particulares estao muito mais equipadas que o ensino publico teoricamente e praticamente.
Como é a tecnologia que você utiliza habitualmente nas aulas?
tenho audio a traves de cd com nativos da lingua,tv a cabo onde o aluno pode assistir filmes sem legenda e utilizo todos recursos possiveis humanos tambem em sala de aula enfatizando sempre o aprendizado e ensino baseado no ensino e aprendizado de aquisiçao natural da criança que e na ordem natural ouvir,repetir,ler,e por ultimo a escrita.
Em frente às novas tecnologias, há que reinventar a escola, seus métodos e objetivos?
sem duvidas sempre e um modelo que deve ser dinamico.
Se você pudesse criar uma escola ideal, como seria?
uma escola com valores reais e verdadeiros nao essa farsa que esta ai um modelo falido mecanicista e automato para ingles ver.
Como você imagina que será uma escola daqui a 20 anos?
muito precaria e a desejar por causa de mais um fiasco que ja entrou ensino a distancia.
Quais são suas metas pessoais? O que você gostaria de estar fazendo daqui a cinco anos?
continuar ensinando,escrever livros,dar palestras etc sao metas posso nao atingi-las sempre ha a possibilidade da impossibilidade e temos que conviver com isso.
Que qualidades você deve em alguém para aconselhar-lhe a dedicar-se ao ensino?
quando for bom no que faz e tem conteudos para transmitir de cunho cientifista.
 

622 visitas

Whohub
[rafih]
jamal ibraim rafih
assis-sp-br


[rafih] jamal ibraim rafih

Faça-me uma pergunta, comentário ou peça-me opinião sobre algo:

 
 




© jamal ibraim rafih
Endereço web desta entrevista:http://www.whohub.com/rafih

CONVIDA OS AMIGOS    Sobre Whohub  Normas de uso  FAQ  Sitemap  Buscar  Quem está online  EMPREGOS